Siga
Live-btn-2
Live-btn-2
web tv
Sábado, 23 Novembro 2013 15:49

IV Conferência de Brasileiros no Exterior

Carlos Borges

A realização da IV Conferência Brasileiros no Mundo foi dominada por duas intensas mesas temáticas, dedicadas ao Ensino e Promoção da Língua Portuguesa e à Difusão da Cultura. A conferência vem acontecendo desde o dia 19 e vai até o dia 22 de novembro no Centro de Convenções do Iberostar Bahia, em Mata de São João, há 70 km ao norte de Salvador.
Considerado o tema mais presente nas demandas de todos os 49 conselhos de cidadãos e de cidadania representados no evento, a difusão do ensino da Língua Portuguesa se desdobrou em inúmeros sub-temas.  As quase três horas dedicadas ao tema se mostraram insuficientes para atender às sugestões, demandas e debates.
A ausência, no evento, de um representante da área internacional do Ministério da Educação foi dura e unanimemente criticada pelos representantes dos conselhos.  Muitos chegaram a qualificar a postura do Ministério da Educação com relação aos brasileiros residentes no exterior como de “descaso” e “desrespeitosa”.
No âmbito das posturas e demandas dos conselhos na área de Educação, houve consenso em torno dos seguintes temas:
1. Ampliação do ENCEJA (antigos exames supletivos) a o maior número possível de jurisdições consulares brasileiras no exterior.
2. Criação de cursos preparatórios que sejam oferecidos a quem deseja se submeter aos exames do ENCEJA
3. Modernização, desburocratização e diminuição dos custos dos processos de legalização de diplomas de brasileiros formados em universidades no exterior.
4. Solução do impasse no envio de livros didáticos e literários para uso nas escolas e programas diversos de ensino da Língua Portuguesa e promoções culturais brasileiras no exterior.
Em seguida foi a vez da Mesa de Cultura, que contou com as participações do Ministro George Firmeza, Diretor do Departamento Cultural do MRE, e da Chefe do Setor Internacional do Ministério da Cultura, Gisele Dupin.
Em sua fala de abertura o Ministro Firmeza ressaltou que o apoio a atividades culturais das comunidades brasileiras no exterior é um segmento novo dentro do MRE e que nesses dois anos de existência, muito tem sido feito para criar procedimentos e facilitar o acesso a todos os interessados.
Foram abordadas duas questões centrais que, históricamente, fazem parte das demandas de todas as versões do CRBE: como os realizadores de eventos brasileiros no exterior podem se beneficiar da Lei Rouanet (incentivo de empresas através de renúncia fiscal) e tudo o que se relaciona aos “Pontos de Cultura” no exterior
San Francisco e Washington DC
Na terceira e última rodada de apresentação dos Conselhos de Cidadãos e Cidadania falaram pelos Estados Unidos, Valéria Sasser (San Francisco) e Ana Lúcia Lico (Washington).
Em seu pronunciamento, Valéria Sasser descreveu o perfil da comunidade brasileira em San Francisco como formada basicamente por dois segmentos: o primeiro composto por profissionais liberais e empresários que atuam na informática e o segundo contingente, composto por trabalhadores nas áreas de hotelaria, serviços de limpeza, construção, etc.
A representante de San Francisco ressaltou a trajetória das ações comunitárias brasileiras na região, com destaque para iniciativas relacionadas com a educação e promoção do idioma e da cultura brasileira. Citou, específicamente, o Projeto Contadores de Estórias e o Instituto Cultural Brasileiro, como iniciativas relevantes e pioneiras.
Por sua vez, Ana Lúcia Lico, representante da jurisdição de Washington-DC também identificou a presença brasileira na região como dividida em dois segmentos básicos: o de pessoas que ali estão de forma transitória, a serviço das inúmeras entidades e organismos internacionais dos quais o Brasil faz parte, e um outro segmento de trabalhadores nas áreas de serviço, construção e jardinagem.
Ana Lúcia registrou também que, quando existem, numa mesma cidade, a Embaixada e o Consulado – como é o caso de Washington-DC – “seria desejável que a Embaixada pudesse dar atenção e espaço a temas do interesse dos brasileiros, sem se limitar apenas aos interesses comerciais e relacionados aos norte-americanos”. Ela citou ainda a Associação ABRACE como “iniciativa de grande relevância com seus projetos fortemente comprometidos com a promoção da cultura brasileira”.
Os brasileiros residentes nos Estados Unidos estão representados por delegados eleitos pelos conselhos dos consulados de Miami (Silair Almeida), Atlanta (Muriel Ribeiro), Washington (Ana Lúcia Lico), Boston (Ilma Paixão), Chicago (Martha Costa), Los Angeles (Gisele Ambrosio) e San Francisco (Valéria Sasser). Também estão presentes como observadores, os integrantes do Conselho de Miami, Aloysio Vasconcellos, Carlos Borges, Urbano Santos e Wesley Porto e do Conselho de Boston, Jorge Costa.
Fonte: BrazilianVoice.com

Published in Atualidade

Newsletter

Fair

24°C

Framingham, MA

Fair

Humidity: 42%

Wind: 8.05 km/h

  • 30 Jul 2014

    Mostly Clear 26°C 14°C

  • 31 Jul 2014

    Mostly Sunny 28°C 17°C

  • Capital
  • GPMaia
  • Marcia-Pessanha
  • advogado-jose-tadeu
  • anuncie-aqui-banner
  • giubertidecor
  • global-plus
  • langer-chiropractic
  • neide-coutinho
  • perez-g