Siga
Live-btn-2
Live-btn-2
web tv
Após uma série de denúncias sobre irregularidades na Petrobras, o ministro da Fazenda Guido Mantega rebateu as críticas de que as intervenções do governo federal teriam “quebrado” a empresa. Segundo o ministro, a "Petrobras é uma das companhias mais sólidas do mundo e a previsão de alta da produção esse ano é de 7,5%, o que garantirá um aumento de faturamento em torno de R$ 20 bilhões". As declarações de Mantega foram feitas hoje (28), durante o seminário Rumos da Economia, em São Paulo.

Ao ser questionado sobre a perda de valor de mercado da estatal no último ano, Mantega disse que, em 2002, a companhia valia US$ 15 bilhões e que, hoje, vale US$ 100 bilhões”. Segundo o ministro, “a Petrobras está acumulando capacidade produtiva e duplicando as reservas de petróleo. O Brasil será um dos 5, 6 países com maiores reservas no mundo", disse.

“Como é que uma empresa que teve lucro de R$ 23 bilhões em 2013, que é maior do que ela valia em 2002, e tem um investimento deste porte e que a produção está aumentando... Como é que você diz que a empresa está quebrada. Realmente não faz o menor sentido”, reafirmou.

Dívidas

Desde o fim de 2010, logo após a megacapitalização de R$ 120 bilhões, o endividamento da gigante brasileira de petróleo praticamente quadruplicou, com um aumento médio de mais de R$ 40 bilhões por ano. A produção de óleo e gás, por sua vez, caiu 2,5% em 2013, para 1,93 milhão de barris por dia em 2013. Foi a segunda queda anual consecutiva e o menor resultado desde 2008.

Published in Brasil
Detalhes dos negócios feitos pela consultoria do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e empresas que tinham contratos com a Petrobras estão nos documentos apreendidos pela Polícia Federal e mostrados ontem (13), no Fantástico – Rede Globo. As planilhas listavam as empresas que contrataram os serviços da Costa Global, consultoria criada depois que ele saiu da Petrobras em 2012.

O ex-diretor da Petrobras mantinha um controle detalhado de todas operações que ele intermediava entre a Petrobras, empreiteiras e fornecedores. Numa das planilhas aparece, ao lado do nome das empresas, a porcentagem que o ex-diretor da Petrobras receberia, caso conseguisse contratos para elas. Em muitos casos, a comissão é de 50%. Essa riqueza de informações que está ajudando a Polícia Federal a descobrir as ligações dele e o tamanho da rede que ele operava.

Em um balanço contábil de negócios feitos entre novembro de 2012 e junho de 2013, Paulo Roberto registrou entradas de R$ 1 milhão e 60 mil, parte em euros, parte em dólares. E atribuiu a origem deste dinheiro, a uma pessoa que ele chama de "primo" – apelido de Alberto Youssef, algumas vezes também chamado de "Beto". Ele e Paulo Roberto teriam operado o esquema de lavagem de dinheiro que movimentou US$ 10 bilhões em quatro anos.

Costa e o doleiro Alberto Youssef, suspeito de chefiar suposto esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, foram presos pela operação Lava Jato. Segundo as investigações, o esquema pode ter movimentado cerca de R$ 10 bilhões. A operação Lava Jato foi deflagrada em 17 de março.

Fonte: Globo.com
Published in Brasil
Líderes de partidos da oposição na Câmara se reúnem hoje (1°/04) para contabilizar o apoio à criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobras e decidir qual dos três requerimentos sobre o tema terá prioridade.

Desde que decidiu tentar criar uma CPI, há uma semana, a oposição coleta assinaturas em paralelo para três pedidos diferentes: um de CPI mista (que reúne deputados e senadores), de autoria do líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR); outro de CPI somente no Senado, de autoria do senador Alvaro Dias (PR); e um terceiro, também de autoria de Dias, para uma CPI mista. Enquanto isso, deputados e senadores do PT vão articular negociações para convencer parlamentares da base aliada e partidos independentes a retirar assinaturas de apoio às investigações da estatal.

Nos bastidores, porém, o governo já admite que será difícil evitar a criação da CPI, e se prepara para "ocupar" a comissão – deve indicar parlamentares de peso para defender a Petrobras e evitar que denúncias envolvendo a empresa sejam usadas pela oposição como combustível de campanha nas eleições de outubro. O PT também vai trabalhar para ficar com a relatoria da comissão.

O requerimento que deverá prevalecer é o de autoria de Alvaro Dias para a criação de uma CPI mista. O texto já conta com o apoio de 29 senadores – dois a mais que o mínimo necessário – e reúne assinaturas de pelo menos 80 deputados, segundo assessores do DEM e do PSDB. Para ser protocolado, o pedido de criação da comissão precisa do apoio de pelo menos 27 senadores e 171 deputados.

Entenda o escândalo da Petrobras

A Astra Oil, uma refinaria belga, comprou um campo de petróleo por US$ 42,5 milhões. Menos de um ano depois, a Petrobras comprou metade desse campo por mais de US$ 300 milhões.

No contrato havia uma cláusula que obrigava a compra da outra metade, se houvesse desentendimento ou qualquer problema de gestão ou de mercado entre Petrobras e Astra Oil.

Foi o que aconteceu. A empresa brasileira não quis cumprir a cláusula, mas, depois de anos de ações judiciais, foi obrigada a fazê-lo por um valor reajustado. Assim, uma empresa que valia US$ 42,5 milhões foi comprada por por mais de US$ 1 bilhão.

Descobriu-se nesta semana que a presidente Dilma, presidente do conselho administrativo da Petrobrás à época, assinou o polêmico contrato. Ela alega, porém, que desconhecia os detalhes negativos do mesmo, tendo sido ludibriada.

Fontes: globo.com e uol.com
Published in Brasil

Newsletter

Fair

22°C

Framingham, MA

Fair

Humidity: 93%

Wind: 8.05 km/h

  • 1 Sep 2014

    Isolated Thunderstorms 31°C 21°C

  • 2 Sep 2014

    Partly Cloudy 32°C 21°C

  • Capital
  • GPMaia
  • Marcia-Pessanha
  • advogado-jose-tadeu
  • anuncie-aqui-banner
  • giubertidecor
  • global-plus
  • langer-chiropractic
  • neide-coutinho
  • perez-g