Siga
Live-btn-2
Live-btn-2
web tv
O deputado André Vargas (PT-PR), vice-presidente da Câmara, entregou nesta segunda-feira à Secretaria-Geral da Mesa da Câmara carta com pedido de afastamento temporário por 60 dias. O pedido ocorre em meio a denúncias e pedidos de investigação por parlamentares sobre viagem que Vargas fez em avião do doleiro Alberto Yousseff, preso pela Polícia Federal.
Yousseff foi preso em março por suspeita de movimentar cerca de R$ 10 bilhões por meio de lavagem de dinheiro. De acordo com reportagem do jornal "Folha de S.Paulo", o empréstimo do avião para viagem a João Pessoa foi acertado entre Vargas e Youssef por mensagem de celular no dia 2 de janeiro.
No pedido de Vargas, o vice-presidente da Câmara afirma ter motivos de “interesse particular” para afastar-se. Formalmente, ele permanece sendo o vice-presidente, mas licenciado. Como o afastamento é de menos de 120 dias, não será convocado um suplente para ocupar a sua vaga.
Com o afastamento, Vargas ficará sem receber o salário de deputado, atualmente de R$ 26,7 mil. Ele também perde outros benefícios financeiros, como as verbas de gabinete. O afastamento não impede que a Câmara abra processo de investigação contra Vargas. A previsão é que partidos de oposição representem contra ele no Conselho de Ética da Casa.
Published in Brasil

Newsletter

Fair

14°C

Framingham, MA

Fair

Humidity: 84%

Wind: 0 km/h

  • 29 Aug 2014

    Mostly Clear 23°C 11°C

  • 30 Aug 2014

    Mostly Sunny 26°C 17°C

  • Capital
  • GPMaia
  • Marcia-Pessanha
  • advogado-jose-tadeu
  • anuncie-aqui-banner
  • giubertidecor
  • global-plus
  • langer-chiropractic
  • neide-coutinho
  • perez-g