Siga
Live-btn-2
Live-btn-2
web tv
A presidente Dilma Rousseff foi hostilizada durante a abertura da Copa do Mundo em São Paulo na quinta-feira. Xingamentos contra a presidente foram ouvidos em dois momentos antes da partida: após a chegada de Dilma ao estádio e após a execução do hino nacional, já a poucos minutos do início do jogo. No segundo tempo, Dilma foi xingada mais duas vezes. Os gritos contra a presidente aconteceram após a execução do hino. Houve também xingamentos contra a Fifa. Os gritos com palavrões começaram na área VIP e se espalharam por outras partes das arquibancadas da Arena Corinthians. Dilma não fez discurso durante a abertura. Vestida de verde, acompanhou o jogo ao lado do presidente da Fifa, Joseph Blatter, na Arena Corinthians, e Ban Ki-moon, secretário-geral da Organização das Nações Unidas.

Na sexta-feira, a presidente afirmou que não vai se intimidar. “Não são xingamentos que vão me intimidar, atemorizar. Não me abaterei. Depois que superamos isso, enfrentamos os obstáculos, encaramos os problemas, demos a volta por cima. Não vou me deixar atemorizar por xingamentos que não podem sequer ser escutados pelas crianças e pelas famílias”, disse Dilma.
Published in Brasil
O presidente do PT, Rui Falcão, disse no sábado, em entrevista durante o encontro nacional do partido, em São Paulo, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não deverá assumir cargo formal na coordenação, mas já é o "comandante-geral" da campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff. Na noite de sexta-feira, Dilma foi aclamada pelos delegados do encontro como pré-candidata à reeleição, e Lula afirmou que "não há outro candidato", em referência ao chamado movimento "Volta Lula", cujo objetivo era substituir a candidatura de Dilma pela do ex-presidente. "O Lula é o grande comandante do partido, da campanha. Ele transcende qualquer organização funcional que a gente crie na campanha. A orientação política é dele. Se ele quiser ir para o comitê e ficar no dia-a-dia do partido, não há nenhum impedimento. Ele já é o comandante-geral", afirmou Falcão.
Published in Brasil
Quarta, 23 Abril 2014 19:00

Dilma sanciona o Marco Civil da Internet

Dilma Rousseff sancionou o Marco Civil da Internet, considerado uma espécie de Constituição para uso da rede no Brasil e que foi aprovado pelo senado ontem (22). A sanção da presidente foi simbólica, já que o projeto não chegou ao Palácio do Planalto, mas ela fez questão de fazê-lo durante a NETMundial, encontro realizado em São Paulo que reúne representantes de mais de 90 países, entre eles 27 ministros. Agora é necessário esperar a publicação do marco no "Diário Oficial", para saber quando ele entra em vigor.

Segundo a presidente, “a internet que queremos só é possível em um cenário de respeito aos direitos humanos, em particular à privacidade e a liberdade de expressão. Os direitos que as pessoas têm off-line também devem ser protegidos on-line”.

Dilma Rousseff disse ainda que “ a NETMundial vem impulsionar esse esforço. E essa reunião responde a um anseio global por mudanças da situação vigente e pelo fortalecimento sistemático da liberdade de expressão na internet e a proteção a direitos humanos básicos, como é o caso do direito a privacidade. E, sem sombra de dúvida, também ao tratamento das discussões na internet de forma respeitosa, garantindo seu caráter democrático e aberto".

Em seu discurso, a presidente do Brasil afirmou  que “a internet tem permitido a reinvenção permanente no modo como as pessoas e as instituições interagem, inclusive politicamente e o país defende que a governança da internet seja multissetorial, multilateral, democrática e transparente. Nós consideramos esse modelo a melhor forma de exercício".

A NETMundial é um encontro entre países, empresas, grupos técnicos e acadêmicos para discutir quem "manda" na internet e qual deve ser a extensão desse poder. Representantes debatem para propor uma carta de princípios sobre questões técnicas, como domínios de rede (".com" e ".br"), e sócioculturais, como privacidade e liberdade de expressão.

Entre os convidados, estão: Virgílio Almeida, secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência e Tecnologia; Vint Cerf, considerado um dos pais da internet, representando o setor privado; Tim Berners-Lee, criador da Word Wide Web (www), representando as universidades; Fadi Chehadé, presidente da ICANN, representando a comunidade técnica da internet; Nnenna Nwakanma, ativista da FLOSS (de software livre), representando a sociedade civil; Wu Hongbo, su-secretário geral da ONU; Paulo Bernardo, ministro das Comunicações; Demi Gestschko, conselheiro da CGI.br; Raúl Echeberria, diretor do LACNIC, e Hartmut Glaser, secretário executivo da CGIbr.

Alguns impacto do Marco Civil em sua vida

O Marco Civil garantirá a neutralidade da rede, segundo a qual todo o conteúdo que trafega pela internet é tratado de forma igual. Em uma comparação simples, o marco garantirá que a sua internet funcione como a rede elétrica (não interessa se a energia será usada para a geladeira, o micro-ondas, a televisão) ou os Correios (o serviço cobra para entregar a carta, sem se importar com o conteúdo dela).

As empresas de telecomunicações que fornecem acesso (como Vivo, Claro, TIM, NET, GVT, entre outras) poderão continuar vendendo velocidades diferentes - 1 Mbps, 10 Mbps e 50 Mbps, por exemplo. Mas terão de oferecer a conexão contratada independente do conteúdo acessado pelo internauta e não poderão vender pacotes restritos (preço fechado para acesso apenas a redes sociais ou serviços de e-mail).

Atualmente, a neutralidade é prevista em um regulamento da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações. Alguns usuários, no entanto, reclamam da prática de "traffic shaping", em que a velocidade de conexão é reduzida após uso de serviços "pesados", como vídeo sob demanda ou download de torrents (protocolo de troca de dados, geralmente utilizado para baixar filmes).

Privacidade

Em 2013, depois das denúncias sobre espionagem nos EUA, a presidente Dilma Rousseff pediu urgéncia constitucional para a tramitação do projeto. Com isso, a questão da privacidade ganhou destaque no texto.

O Marco Civil garante a inviolabilidade e sigilo do fluxo de comunicações via internet e também das conversas armazenadas – esse conteúdo pode ser legalmente acessado, no entanto, mediante ordem judicial. Na prática, suas conversas via Skype e aquelas mensagens salvas na conta de e-mail não poderão ser violadas, a não ser em casos envolvendo a Justiça. 

Um ponto ainda considerado polêmico é a obrigatoriedade de o provedor de aplicações de internet armazenar por seis meses todos os registros de acesso que você fez naquele serviço (ex: sua conta de e-mail) – atualmente, essa prática é opcional e não há um prazo pré-determinado. Veridiana defende que a privacidade fica mais garantida quando o armazenamento é uma alternativa e não uma obrigação (isso porque a prática teoricamente só será adotada por aqueles que têm uma estrutura adequada para isso).

Fontes: Internet, uol e globo




 
Published in Brasil
Líderes de partidos da oposição na Câmara se reúnem hoje (1°/04) para contabilizar o apoio à criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobras e decidir qual dos três requerimentos sobre o tema terá prioridade.

Desde que decidiu tentar criar uma CPI, há uma semana, a oposição coleta assinaturas em paralelo para três pedidos diferentes: um de CPI mista (que reúne deputados e senadores), de autoria do líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR); outro de CPI somente no Senado, de autoria do senador Alvaro Dias (PR); e um terceiro, também de autoria de Dias, para uma CPI mista. Enquanto isso, deputados e senadores do PT vão articular negociações para convencer parlamentares da base aliada e partidos independentes a retirar assinaturas de apoio às investigações da estatal.

Nos bastidores, porém, o governo já admite que será difícil evitar a criação da CPI, e se prepara para "ocupar" a comissão – deve indicar parlamentares de peso para defender a Petrobras e evitar que denúncias envolvendo a empresa sejam usadas pela oposição como combustível de campanha nas eleições de outubro. O PT também vai trabalhar para ficar com a relatoria da comissão.

O requerimento que deverá prevalecer é o de autoria de Alvaro Dias para a criação de uma CPI mista. O texto já conta com o apoio de 29 senadores – dois a mais que o mínimo necessário – e reúne assinaturas de pelo menos 80 deputados, segundo assessores do DEM e do PSDB. Para ser protocolado, o pedido de criação da comissão precisa do apoio de pelo menos 27 senadores e 171 deputados.

Entenda o escândalo da Petrobras

A Astra Oil, uma refinaria belga, comprou um campo de petróleo por US$ 42,5 milhões. Menos de um ano depois, a Petrobras comprou metade desse campo por mais de US$ 300 milhões.

No contrato havia uma cláusula que obrigava a compra da outra metade, se houvesse desentendimento ou qualquer problema de gestão ou de mercado entre Petrobras e Astra Oil.

Foi o que aconteceu. A empresa brasileira não quis cumprir a cláusula, mas, depois de anos de ações judiciais, foi obrigada a fazê-lo por um valor reajustado. Assim, uma empresa que valia US$ 42,5 milhões foi comprada por por mais de US$ 1 bilhão.

Descobriu-se nesta semana que a presidente Dilma, presidente do conselho administrativo da Petrobrás à época, assinou o polêmico contrato. Ela alega, porém, que desconhecia os detalhes negativos do mesmo, tendo sido ludibriada.

Fontes: globo.com e uol.com
Published in Brasil
Pode acreditar: 65% dos entrevistados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) afirmaram que as mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas. Esse resultado causouespanto entre os próprios pesquisadores e até a presidente da República Dilma Rousseff se manifestou, em sua conta no Twitter: “a sociedade brasileira tem muito o que avançar no combate à violência contra a mulher". A presidente disse ainda que  esses números "mostram também que governo e sociedade devem trabalhar juntos para atacar a violência contra a mulher, dentro e fora dos lares."

A pesquisa divulgada ontem (27/03) foi realizada em 212 municípios brasileiros, entre maio e junho de 2013 e ouviu 3.810 pessoas. Segundo os autores, um número significativo de entrevistados parece considerar violência contra a mulher como uma forma de correção. A vítima teria responsabilidade, seja por usar roupas provocantes, seja por não se comportarem "adequadamente".

A pesquisa do Ipea também revela que a maior parte dos brasileiros se incomoda em ver dois homens ou mulheres se beijando. Dos entrevistados, 59% relataram desconforto diante da cena. A pesquisa ainda mostra que 91% dos entrevistados concordam total ou parcialmente com a prisão dos maridos que batem em suas esposas. Leia mais no site ipea.gov.br.

Violência contra a mulher no exterior foi um dos temas do programa “Brasileiros no Mundo, da Rádio 650 AM, na última segunda-feira. Ilma Paixão conversou com especialistas, passando um raio X desse cenário, além de orientar as mulheres que acompanham o programa em vários países, pelo site www.radio650am.com.
Published in Brasil
A presidente Dilma Rousseff viajará  na segunda-feira, 9 de dezembro para a África do Sul – a fim de participar das homenagens a Nelson Mandela – acompanhada dos ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, informou no sábado, 7, o porta-voz da Presidência, Thomas Traumann, segundo o Blog do Planalto.
Segundo o blog, os ex-presidentes foram convidados por Dilma, e a comitiva presidencial partirá do Rio de Janeiro.
Na sexta-feira, o Palácio do Planalto informou que a presidente tinha antecipado a viagem África do dia 14 para a próxima terça-feira, 10, porque governo sul-africano enviou circular a todas as embaixadas com sede no país informando que esse é o dia reservado aos chefes de Estado. O enterro do líder sul-africano está marcado para dia 15.

Dilma decretou na sexta luto oficial de sete dias no Brasil pela morte de Mandela. Na quinta, dia em que Mandela morreu, Dilma divulgou nota de pesar e afirmou que governo e povo brasileiro “se inclinam diante da memória de Mandela”. A presidente destacou ainda a luta do líder sul-africano contra o apartheid.
“Personalidade maior do século XX, Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea – o fim do apartheid na África do Sul”, disse a presidente no comunicado.

Published in Brasil
Quarta, 20 Novembro 2013 12:36

Dilma cria página no Facebook

Depois de reativar seu perfil no Twitter e atingir mais de 2 milhões de seguidores, a presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira em sua conta pessoal no microblog a criação de uma página da Presidência da República no Facebook. Em uma mensagem publicada na rede social, a chefe do Executivo ressaltou que o novo espaço virtual servirá para os cidadãos acompanherem "de perto" as atividades do governo federal.

Em vídeo publicado nesta manhã no perfil do Palácio do Planalto no Facebook, Dilma comentou sobre as características da nova ferramenta digital de sua administração.

“Olá, convido você a participar da página do Palácio do Planalto no Facebook. Ela foi lançada para ser mais um espaço para você acompanhar de perto as atividades do governo federal. Nesta página, vamos também debater a evolução dos nossos cinco pactos: o da responsabilidade fiscal, o pela reforma política, o pela saúde de qualidade, o pela educação e o pelo transporte público de qualidade. Curta nossa página, opine, participe e compartilhe conosco a transformação do Brasil em um país com igualdade de oportunidades para todos”, declarou a presidente no vídeo de lançamento da página no Facebook.

Após análises feitas por sua equipe de comunicação, ficou decidido que a página seria mais institucional e levaria o nome do Palácio do Planalto. Estão previstas algumas intervenções mais pessoais de Dilma, mas esse não será o foco. O modelo foi inspirado nas páginas do presidente norte-americano Barack Obama e do governo do Reino Unido.

Quando Dilma retomou suas atividades no Twitter, ela se encontrou com o blogueiro Jéferson Monteiro, autor do perfil “Dilma Bolada”.  O lançamento da conta no Facebook, por sua vez, foi apenas anunciado no Twitter da presidente.

De acordo com o porta-voz da Presidência, Thomas Traumann, o perfil será criado para ampliar as ferramentas de comunicação do governo com a população.

“No Twitter é como se você estivesse em um bar, com várias pessoas falando, e você precisasse gritar esperando para ser ouvido. No Facebook não. É como um jantar, para o qual você convidou seus amigos, e cada um tem sua vez de se manifestar”, comparou. Segundo ele, são formas diferentes de comunicar, que contemplam objetivos diferentes.

No Facebook, a estratégia será explicar, de forma didática, quais são os programas do governo, suas metas e como está o andamento. A ferramenta será usada para destrinchar as principais ações do Executivo.

Published in Brasil
Quarta, 25 Setembro 2013 11:47

Lula diz que está no 'jogo'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na terça-feira que está à disposição da presidente Dilma Rousseff para apoiá-la nas eleições de 2014. "Estou voltando, com muita vontade, com muita disposição - para felicidade de alguns, para desgraça de outros.
Published in Brasil
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira em discurso de abertura da 68ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, em New York, que as ações de espionagem dos Estados Unidos no Brasil “ferem” o direito internacional e “afrontam” os princípios que regem a relação entre os países.
Dilma iniciou o discurso, que durou 23 minutos, lamentando atentado terrorista da semana passada no Quênia e matou mais de 50 pessoas. "Jamais transigiremos com a barbárie", disse.
Published in Brasil
Notas divulgadas na terça-feira, 17, pela Casa Branca e pelo Palácio do Planalto informam que a decisão do adiamento da visita da presidente Dilma Rousseff aos EUA foi tomada em conjunto por ela e pelo presidente Barack Obama.
Published in Brasil
Pagina 1 de 2

Newsletter

Fair

14°C

Framingham, MA

Fair

Humidity: 97%

Wind: 0 km/h

  • 25 Jul 2014

    Clear 27°C 16°C

  • 26 Jul 2014

    Mostly Sunny 29°C 18°C

  • Capital
  • GPMaia
  • Marcia-Pessanha
  • advogado-jose-tadeu
  • anuncie-aqui-banner
  • giubertidecor
  • global-plus
  • langer-chiropractic
  • neide-coutinho
  • perez-g