Siga
Live-btn-2
Live-btn-2
web tv
Terça, 13 Maio 2014 00:00

Washington reabre Obelisco

O monumento a Washington, o obelisco no centro na área monumental da capital americana, foi reaberto na segunda-feira após 32 meses fechado para obras de reparação dos danos causados pelo terremoto de agosto de 2011. Em cerimônia aos pés do monumento, a secretária de Interior dos EUA, Sally Jewell; o prefeito de Washington, Vincent Gray, e o empresário David Rubinstein, que financiou a metade da restauração, entre outras autoridades, cortaram a fita símbolo da reinauguração do obelisco. O terremoto de 5,8 na escala Richter que atingiu a costa leste dos Estados Unidos em 23 de agosto de 2011 abriu uma grande rachadura no obelisco, e também afetou a Catedral de Washington, onde caiu um pináculo de uma das torres centrais, que desde então está fechada para reparar os danos e revisar a estrutura.
Published in US News

 

O Capitólio, sede do poder legislativo dos Estados Unidos, tornou-se palco de confusão e tensão na tarde da quinta-feira depois que tiros foram registrados no local, mobilizando grande efetivo policial e alastrando temor de um possível atentado na capital federal americana. O incidente ocorreu enquanto, no Congresso, deputados deliberavam sobre uma possível saída para o fechamento do governo.

Published in US News
Cerca de cem mulheres que se manifestavam diante do Congresso em Washington a favor de uma reforma migratória nos Estados Unidos foram presas nesta quinta-feira, informaram os organizadores do protesto.
Published in US News
Os católicos americanos que foram à missa neste domingo ouviram um sermão dedicado à defesa da reforma nas leis de imigração do país.

A mensagem foi transmitida em inúmeras paróquias de leste a oeste dos Estados Unidos, em uma ação coordenada pela Igreja Católica.

O objetivo é pressionar a Câmara dos Representantes, onde a maioria é republicana, a aprovar uma reforma que garanta aos 11 milhões de imigrantes em situação ilegal no país a possibilidade de conseguir a cidadania americana.

A ofensiva, iniciada no mês passado, ganha força neste fim de semana, às vésperas do retorno dos congressistas a Washington, após o recesso de verão.

'O Senado dos EUA aprovou uma legislação que prevê ampla reforma migratória com grande maioria. A Câmara dos Representantes atualmente está avaliando se aborda uma lei de reforma migratória que possa oferecer alívio a milhões de pessoas e suas famílias', diz uma carta da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA enviada a paróquias de todo o país.

'Agora é a hora de contatar seus deputados e pedir que aprovem a reforma', afirma o documento. As missas de 8 de setembro é apenas uma das diversas ações já em curso.

Em todo o país, bispos, padres e outros líderes religiosos estão empenhados em telefonemas, troca de mensagens e encontros pessoais com deputados católicos em suas áreas de atuação - especialmente os republicanos, que resistem à reforma defendida pelo presidente Barack Obama.

A Arquidiocese de Los Angeles é a maior dos EUA. Mas o esforço envolve arquidioceses e dioceses de diversos Estados.

Além desses encontros, também estão ocorrendo marchas em todo o país, algumas com duração de vários dias, passando por áreas de influência dos congressistas, na tentativa de angariar apoio à causa.

Na semana passada, mais de mil pessoas marcharam até o escritório do congressista republicano Ed Royce, em Brea, perto de Los Angeles. Royce acabou se reunindo com um grupo de 27 líderes religiosos.

Published in US News

Newsletter

Partly Cloudy

31°C

Framingham, MA

Partly Cloudy

Humidity: 49%

Wind: 12.87 km/h

  • 1 Sep 2014

    Mostly Clear 29°C 20°C

  • 2 Sep 2014

    Partly Cloudy 32°C 21°C

  • Capital
  • GPMaia
  • Marcia-Pessanha
  • advogado-jose-tadeu
  • anuncie-aqui-banner
  • giubertidecor
  • global-plus
  • langer-chiropractic
  • neide-coutinho
  • perez-g